BOLSHOI FARÁ PRÉ-SELEÇÃO EM BELÉM

A Escola de Ballet Bolshoi no Brasil vai realizar uma pré-seletiva no dia 30 de julho, na Casa das Artes, em Belém, para escolher novos talentos que poderão integrar a escola. As inscrições podem ser feitas até 25 de julho, no site da instituição. Podem participar meninos e meninas nascidos entre os anos de 1998 a 2007. A seleção é uma parceria do Bolshoi e o Studio de Danças Por Lucinha Azeredo.

Serviço
Pré-seletiva da Escola de Ballet Bolshoi no Brasil
Data: 30/07/2016
Local: Casa das Artes (antigo IAP), Praça Justo Chermont, 236, Nazaré
Inscrições: www.escola-bolshoi.com.br
Taxa: R$ 15,00

Fonte: Jornal O Liberal
Foto: Divulgação

Posted in Notícias | Tagged | Comments Off

FOTOATIVA ABRE INSCRIÇÕES PARA CICLO DE OFICINA

O tempo da fotografia em câmeras artesanais de grandes formatos é o foco do Lab Pro GF1.0, que trabalha com o processo fotográfico na transição entre a câmera pinhole e as câmeras com lente. A oficina, que ocorrerá entre os dias 21 deste mês e 2 de julho, é um desdobramento das provocações que o fotógrafo e educador Miguel Chikaoka experimenta há mais de 30 anos na condução dos cursos e oficinas que ministra. As experimentações serão feitas no Casarão Fotoativa, na praça das Mercês, e está com inscrições abertas.
No laboratório, cada participante será assistido na construção de uma câmera de grande formato a partir de um desenho comum, discutido e elaborado conjuntamente com base no entendimento das funções dos dispositivos de controle de abertura e do tempo na formação e registro da imagem. Um projeto simples, mas capaz de engendrar discussões e reflexões sobre temas que envolvem o fazer fotográfico, além das convenções mercadológicas. No último dia de curso, os alunos estrearão suas câmeras fazendo experimentos de registros com papel ou chapas de raio X. No final, cada um levará a sua câmera como protótipo para desenvolvimento de outros projetos.
Para Chikaoka, esse exercício de pensar e experimentar o processo fotográfico com câmeras concebidas e produzidas pelos próprios alunos representa um duplo mergulho no tempo da fotografia. O primeiro conduz aos primórdios quando procedimentos semelhantes ao que propõe o Lab levaram à criação e produção artesanal de uma infinidade de modelos de câmeras que disseminaram a prática da fotografia pelo mundo afora. O outro leva ao entendimento e domínio do que constitui a base técnica de qualquer aparato fotográfico e as suas possibilidades na produção de significados.
No início dos anos 1980, inspirado no trabalho da fotógrafa, educadora e pesquisadora Regina Alvarez (1948-2007), Chikaoka adota, entre outros procedimentos artesanais, a fotografia pinhole (feita com câmera sem lente, na qual a imagem é capturada pela passagem de um feixe de luz através de um pequeno orifício) como um lugar de partida para conduzir os alunos pelas entranhas do processo fotográfico.
Na passagem dos anos 1980 para 90, Chikaoka introduz à prática de construção de câmeras obscuras de orifício como atividade regular nas oficinas. Ao avançar nessa abordagem, Miguel sugere um novo desdobramento, introduzindo experimentos com a imagem resultante da variação do tamanho do orifício e a introdução de dispositivos óticos simples como lupas.

Fonte: Jornal O Liberal
Foto: Reprodução

Posted in Destaque Home | Tagged | Comments Off

Abertas as inscrições do Prêmio de Produção e Difusão Artística 2016

Começou, nesta segunda-feira, 13 de junho, o período de inscrições para o Prêmio de Produção e Difusão Artística 2016, da Fundação Cultural do Pará. O certame integra o Programa Seiva de Incentivo à Arte e a Cultura da instituição.
O objetivo do Edital é premiar, em 2016, até 30 projetos artísticos voltados para a produção e difusão artísticas, expressivos da cultura paraense apresentados nas linguagens ou áreas de visual, cênica, musical e design; identificando e valorizando, dessa forma, as atividades artístico-culturais que existem nas diferentes regiões do Estado do Pará.
Importante ressaltar que a seleção busca contemplar a aprovação de projetos inéditos de todas as regiões paraenses. Pelo parágrafo único do Edital, “entendem-se como inéditos os projetos, cujos produtos finais não tiverem sido veiculados em nenhuma mídia e nem apresentados publicamente até a data deste edital”.
Premiação
Cada projeto premiado receberá o valor de R$ 15.000,00 (Quinze mil reais), assim divididos em parcelas de R$ 5.000,00 (Cinco mil reais) na assinatura do contrato; R$ 5.000,00 (Cinco mil reais) após a primeira avaliação técnica (1º mês); e após conclusão, a última parcela de R$ 5.000,00 (Cinco mil reais) com a entrega e apresentação pública dos resultados esperados, objetivo do projeto (2º mês).
Categorias
Podem inscrever-se no concurso, pessoas ou grupos com trajetória artística nas linguagens e áreas de artes visuais (desenho, escultura, gravura, pintura, fotografia e audiovisual); design (produção de moda, web design, joias, móveis, design gráfico, design de superfície e paisagismo); artes cênicas (teatro, dança e circo) e na área de música (espetáculo, produção e gravação de CD ou DVD).
Na linguagem de Artes Visuais, encontra-se também a categoria de audiovisual voltada para os projetos de ficção, documentário, animação, vídeo-arte, vídeo-instalação, vídeo-mapping, vídeo-clipe, entre outros.
Como resultados dos projetos contemplados pelo Edital de Produção e Difusão Artística 2016, são esperados exposição, espetáculos, instalação, intervenção ou exibição, desfile, performance e produção de show ou gravação de CD e DVD. Serão contemplados 10 projetos na área de Artes Visuais, oito na área de artes cênicas, nove em linguagem musical e três premiações em design.
O Edital completo e os anexos para inscrição estão no site da Fundação Cultural do Pará pelo www.fcp.pa.gov.br
As inscrições serão realizadas, de 13 de junho a 27 de julho de 2016, na sede da Fundação Cultural do Pará, na avenida Gentil Bittencourt, 650, Nazaré, Belém-Pará, Setor de Protocolo/Subsolo Centur, das 08 às 17 horas.
Contatos: premioseivacasadasartes.fcp@gmail.com ou pelo telefone: 4006 2929
Fonte: Fundação Cultural do Pará
Foto: Divulgação

Posted in Destaque Home | Tagged | Comments Off

PROGRAMA ZIP’UP LANÇA CATÁLOGO 2015

A Zípper Galeria foi inaugurada em 2011 com o objetivo de dedicar um espaço aos jovens artistas e projetos curatoriais inéditos. O programa Zip’Up, que faz parte do espaço, lança agora um catálogo digital sobre o ano de 2015, com mostras de Janaína Mello Landini (Arte Pará 2013), Manuela Costalima, Antonio Lee, Eloá Carvalho, entre outros.
O projeto Zip’UP já realizou 38 exposições, sob a coordenação de Mario Gioia. Catálogo das mostras pode ser acessado no site: www.zippergaleria.com.br

Texto: Fabrícia Sember
Foto: Divulgação

Posted in Notícias | Tagged | Comments Off

INGELS PROJETA PAVILHÃO DA SERPENTINE

O pavilhão temporário, da Serpentine Gallery, foi aberto ao público, nos Jardins de Kensington e Hyde Park, em Londres, no último dia 07 de junho. O projeto, cuja autoria foi do arquiteto dinamarquês Bjarke Ingels, conta com uma estrutura em forma de pirâmide com mais de 1.800 blocos de vidro.
Além de Ingles, outros quatro arquitetos também fizeram projetos para a exposição ao ar livre: Yona Friedman (Paris, França), Kunlé Adeyemi (Lagos, Nigéria), o escritório Barkow Leibinger (Berlim, Alemanha) e Asif Kahn (Londres, Inglaterra).
Todos os anos, a Serpentine Gallery – uma das mais famosas galerias de arte contemporânea do mundo –, convida um arquiteto que não tenha projetos assinados no Reino Unido para desenhar o espaço temporário.
O evento fica aberto ao público até 18 de outubro do ano corrente.
BIG
Por falar em Bjarke Ingles, o dinamarquês foi eleito uma das 100 pessoas mais influentes do mundo pela revista TIME, que premia os melhores profissionais em cinco categorias distintas: pioneiros, titãs, artistas, líderes e ícones.
No início de maio, ele também recebeu o prêmio anual Louis Kahn Memorial Award 2016, que reconhece a excelência na arquitetura.
Texto: Fabrícia Sember
Foto: Reprodução

Posted in Notícias | Tagged | Comments Off

ARTISTAS RECEBEM PUBLICAÇÃO

A Fundação Rômulo Maiorana já começou a entrega dos catálogos Arte Pará 2015. A publicitária Maria Alice Penna idealizou o projeto gráfico da 34° edição. Na capa da obra, está o trabalho de Anna Maria Maiolino, uma das participantes com vasta experiência na arte brasileira dos últimos 50 anos.
Nesse primeiro momento, receberão a publicação artistas convidados no Arte Pará do ano passado. Em seguida, os volumes serão encaminhados para os institutos culturais, galerias, artistas, críticos, curadores, universidades e pesquisadores de todo o Brasil.
Para facilitar e dinamizar a divulgação da arte contemporânea, o exemplar também estará online, no site da Fundação Rômulo Maiorana: www.frmaiorana.org.br
Mostra
A curadoria da exposição foi realizada pelo diretor cultural do Museu de Arte do Rio (MAR), Paulo Herkenhoff. Sendo os curadores adjuntos: Armando Queiroz, Pablo Lafuente e Bitu Cassundé. Organização do evento por Roberta Maiorana e Vânia Leal. Já os artistas que participaram da mostra foram: Anna Maria Maiolino, Ayrson Heráclito, Bárbara Wagner e Benjamin de Burca, Carlos Mélo, Cristiano Lenhardt, Daniel Lie, Elza Lima, Fabiana Faleiros, Francisco Klinger Carvalho, Luiz Baltar, Luiz Braga, qUALQUER qUOLETIVO, Rafael RG, Romy Pocztaruk, Virgínia de Medeiros, Wagner Barja e Yuri Firmeza.
Texto: Fabrícia Sember
Foto: Divulgação

Posted in Destaque Home | Tagged | Comments Off

Babina homenageia arquitetos em cartas de baralho

O arquiteto italiano Federico Babina divulgou o mais novo trabalho dele: “Archicards”. Trata-se de um jogo de baralho, onde reis e rainhas são substituídos pelos 25 arquitetos mais famosos do mundo.
O brasileiro Oscar Niemeyer foi um dos homenageados. Ele é o rei de espadas, que leva um cedro com a forma do Museu de Curitiba. Em outra carta, Frank Lloyd Wright representa o rei de ouro, por causa do projeto Guggenheim, de Nova York.
Em 2016, além dessa série, Babina já lançou outras duas intituladas: Archiwall e Archistyle.
Quer conhecer melhor a obra de Babina? Acesse o site: www.federicobabina.com
Texto: Fabrícia Sember
Foto: Reprodução

Posted in Notícias | Tagged | Comments Off

MABEU EM FESTA!!!!

A Galeria de Artes do CCBEU Belém completa 25 anos e, para comemorar, o instituto está organizando uma exposição denominada “Route 25”. A mostra é composta por 44 artistas e abre, no dia 31 de maio, às 19 horas.
HISTÓRIA
A Galeria de Artes Edgar Contente foi inaugurada em 29 de maio de 1991, com o objetivo de fortalecer a divulgação e preservação da cultura à comunidade. Em 1998, já se afirmava como referência no campo das artes, estabelecendo, assim, o Museu de Artes Brasil-Estados Unidos (MABEU).
Com um acervo de 865 obras de arte, o MABEU é o maior museu privado do Pará. Possui esculturas, pinturas, desenhos, fotografias e objetos. E, por ele, já passaram mais de 150 mil visitantes.
SERVIÇO
Local: Tv. Padre Eutíquio, 1309
Tels: 3221 6116, 3221 6144
Site: www.ccbeu.com.br
Texto: Fabrícia Sember
Foto: Divulgação

Posted in Notícias | Tagged , | Comments Off

Clipping cultural (20.05.2016)

MEP
A 14° Semana Nacional de Museus encerra domingo (22). O evento é promovido pelo Instituto Brasileiro de Museus (IBRAM) e conta com a participação de 1.236 espaços expositivos de todo o país, que oferecem ao público 3.700 atividades especiais, como: visitas mediadas, palestras, oficinas, exibição de filmes, entre outras.
No Pará, a parceira da Secretaria de Estado de Cultura (Secult) e o Sistema Integrado de Museus (SIM) permitiu que o Museu do Estado do Pará (MEP) desenvolvesse uma programação especial alusiva à semana. O tema escolhido foi o turismo cultural dos museus. E, para falar sobre o assunto, foi convidado o professor universitário, Mestre e Doutorando em Turismo, Haroldo Tuma.
O Museu do Estado do Pará está aberto ao público, das 09 às 13 horas, sábado e domingo.
**
ARQUIVO 2.0
A fotógrafa paraense Flavya Mutran expõe, no Espaço Cultural Banco da Amazônia, “arquivo 2.0”, até 24 de junho. A curadoria é de Armando Queiroz.
**
Galeria Ybakatu apresenta a exposição “Na palma da mão”, de Cristina Ataíde. Visitação até 30 de junho, em Curitiba.

Texto: Fabrícia Sember
Foto: Divulgação

Posted in Notícias | Tagged | Comments Off

Obra de Shiota fascina visitantes da Bienal de Sydney

A artista japonesa Chiharu Shiota surpreendeu o público da 20° Bienal de Sydney 2016 com a obra surreal “Sono Consciente,” uma instalação com 20 camas metálicas hospitalares envoltas em gigantescas teias de fios pretos. A ideia é fazer com que os fios pareçam feixes de nervos, que conectam a mente humana ao subconsciente dos sonhos.
Nascida em 1972, em Osaka (Japão), a artista vive e trabalha em Berlim (Alemanha). Já foi professora visitante da Escola de Artes da Califórnia (2011) e da Universidade Kyoto Seika (2010-2013). É conhecida por criar imensas instalações complexas, que ligam o corpo e a mente.
Entre os lugares que expôs, estão: Dinamarca, Itália, Alemanha, Austrália, Estados Unidos, Japão, Bélgica, Israel, Hungria e Suíça.
Texto: Fabrícia Sember
Foto: Reprodução

Posted in Destaque Home | Tagged | Comments Off