Menu

Depois de três dias consecutivos analisando cerca de 660 dossiês encaminhados ao concurso – um aumento de 27% em relação ao ano anterior –, a banca de jurados presidida por Paulo Herkenhoff e composta ainda por Éder Chiodetto, Armando Queiroz e Ernani Chaves, escolheu 20 artistas de todo o Brasil. A seleção ocorreu na sede do Jornal O Liberal, de 13 a 15 de setembro.
O júri avaliou a documentação fotográfica, memoriais de projetos e maquetes em CDs e DVDs. O objetivo era promover um melhor julgamento do conteúdo artístico. Este ano, todas as regiões do Brasil foram mapeadas, à medida que foram colocadas, à disposição do candidato, 17 categorias. As mais disputadas foram Fotografia, Pintura e Desenho. Já os estados de São Paulo, Pará e Rio de Janeiro foram os locais, onde o número de inscritos foi maior.
Paulo Herkenhoff, Diretor-Cultural do Museu de Arte do Rio (MAR) e também curador da mostra, destaca que o número expressivo de inscrições e a presença dos 26 estados da Federação no concurso, consolidam a presença nacional e demonstram o reconhecimento do artista para com o evento. “O Arte Pará deixa de ter uma agenda regionalista para possuir uma outra, intelectualmente, mais completa e refinada e diálogo com o resto do país”, define.
Perguntado se a produção artística da Amazônia tem tido um desenvolvimento considerável, o curador fez questão de frisar que a região é um lugar de intensa história da arte. Um espaço onde os artistas são muito diversificados e; onde cada um tem a sua linguagem, modo de produzir e projeto individual. “Acabei de inaugurar a exposição Pororoca, que conta com 500 peças amazônidas. Isso é a metade do que o MAR possui”, garante.
Depois de selecionado, o artista compromete-se a participar de todo o processo educativo, que inclui seminários e conversas aproximadas com os mediadores e o público. A divulgação dos três primeiros colocados, assim como a premiação, ocorrerá no dia 09 de outubro, data de abertura das exposições.

PREMIAÇÃO
Além do montante devido aos três primeiros colocados, todos os artistas selecionados terão direito a uma ajuda de custo no valor de R$1.000,00. O auxílio será destinado para custear a produção do trabalho eleito e/ou despesas referentes à participação no evento.

DEVOLUÇÃO
O material de inscrição dos artistas não selecionados será devolvido por Correio, desde que contenha, em anexo, envelope e selo para devolução. Já os dossiês de artistas locais não selecionados deverão ser retirados, de 16 a 30 de setembro de 2014, na sede da Fundação Romulo Maiorana, em Belém.

LISTA COMPLETA COM OS 20 SELECIONADOS
Andrea Barreiro
Costa & Brito
Davilyn Dourado
Dirnei Freire Prates
Eduardo Ekman Simões
Elaine Arruda
Flora Romanelli Assumpção
Henrique Oliveira
José de Almeida Viana Júnior
Juliana Notari
Luciana Magno (Pará)
Luisa Nóbrega Silva
Mariana Pedrosa Marcassa
Melissa Barbery Lima (Pará)
Paul Cezanne Souza Cardoso de Moraes
Pedro David de Oliveira Castello Branco
Raquel Uendi Matusita
Ricardo “Villa” Gomes da Silva
Rodrigo Arruda Proto Gonzalez
Vitor Mizael Rubinatti Dias

Serviço
Abertura: 09 de outubro
Perído Expositivo: 10/10 a 09/12/2014
Onde: Museu do Estado do Pará (MEP), Casa das Onze Janelas e Museu Paraense Emílio Goeldi
Patrocínio: Supermercados Nazaré, Fibra-Faculdade Integrada Brasil Amazônia, Banco da Amazônia e Vale

Apoio
Governo do Estado do Pará, Sistema Integrado de Museus, Sol Informática, SEOP, Setrans-Bel, Remanso do Bosque, K Eventos e Veloz Tintas

Texto: Fabricia Sember
Foto: Divulgação