Menu

Ao observar a pintura de paisagens, animais, árvores e folhas, em conjunto ou separadamente, experimenta-se, momentaneamente, as nuances, cores, texturas, contextos e particularidades, como se o olhar fosse transportado para a representação da tela. A artista convida o espectador a vivenciar a sensação de entrar em diversos cenários da natureza, vislumbrando movimentos imaginários.
De 05 a 16/06, no Memorial TJDFT, em Brasília.
Texto e foto: Divulgação